quarta-feira, 4 de maio de 2011

Dia 4 de Maio - Dia da "Ressaca"


Não é que tenha estado a beber copos na noite anterior, já quase que não sei o que isso é (cerveja é sagrada apenas ao domingo), mas ontem deambulava pela casa, ora no portátil a tentar fazer alguma coisa, ora no quarto a bezerrar ou a ver um filme...

Acho que a culpa (temos que arranjar sempre 1 culpado) foi do jantar do dia anterior, aquilo era bom mas como era picante... fiquei à rasca no dia a seguir! E eu a pensar que até gostava de picante... mas parece que não, aguento o picante em Portugal, aqui sou menino!

Vou ter que reformular todo o calendário que fiz para as aulas, vou ter mais aulas em Trincomalee e tenho que acertar as horas para que todos tenham as mesmas horas... vai ser dificil fazer isso mas tem que ser, uma questão de justiça já que há um prémio final!

Vi um grande filme ontem, não sei se já viram: Letters to God, explicando em linhas gerais e para não vos contar tudo, o filme conta a história de um miúdo com cancro que escreve cartas a Deus... Foi um filme que mexeu comigo, admito, foi misturar o cancro, algo que me assusta e que ainda não consegui ultrapassar ainda desde a morte de alguém muito especial, e Deus, essa grande figura que alguns acreditam, outros nem por isso mas que tem um impacto muito importante na minha vida.

Aconselho mesmo a verem e depois opinem!

Não houve musica para ninguém por isso hoje não vos deixo cá nada, só amanhã =)

7 comentários:

Ana Rita disse...

Sabia que ias gostar! :)
Sabes bem que a mim me marca pelos mesmos motivos.
Desafio-te a escreveres-Lhe uma carta. Sincera. Aberta. A mim, mudou-me a vida.

Miguel Jarimba disse...

Eu ontem comecei a escrever a carta, vamos ver no que dá =)

pulGa disse...

Esse filme é BRUTAL!
Não chorei, e tu? (mas vá essa realidade do cancro ja nao me é tão estranha )

Sim, escreve uma carta aberta a ELE .... olha que vais ter resposta!!!

Miguel Jarimba disse...

Pulga: A realidade do cancro também não me é assim tão estranha, infelizmente...

E a carta já foi escrita, não sei se mando pelo correio daqui =)

Catarina disse...

Bem, acho que vou agarrar na sugestão do filme, se bem que, me parece que vai ser choradeira do início ao fim como foi quando vi o "Para a minha irmã", eu sou sensível...

M.J. disse...

Prepara os lenços então, é um filme que toca cá dentro... então se tiveres casos de cancro na tua família, toca ainda mais!

Catarina disse...

Felizmente graças a Deus não tenho (genes bons, pelo menos até agora), mas fazer estágio no Pediátrico bate demasiado cá dentro...