domingo, 18 de setembro de 2011

"O escultor da Vida"

Este texto foi partilhado há 1 anos atrás num dos campos de trabalho da EA, acompanhou o mano C. na sua missão em Moçambique e quando vim para cá ele enviou-me isto, para ler todos os dias ou quando fosse preciso e hoje decidi também partilhar com vocês:

“Hoje levantei-me cedo a pensar no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia-noite.
É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje.
Posso reclamar porque está a chover ou agradecer às águas por lavarem a poluição.
Posso ficar triste por não ter dinheiro ou sentir-me encorajado para gerir as minhas finanças, evitando o desperdício.
Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo.
Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso sentir-me grato por ter nascido.
Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho.
Posso sentir tédio com as tarefas da casa ou agradecer a Deus por ter um tecto para morar.
Posso lamentar as decepções com os amigos ou entusiasmar-me com a possibilidade de fazer novas amizades.
Se as coisas não saíram como planejei, posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar.
O dia está à minha frente, à espera para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que lhe pode dar forma. Tudo depende só de mim.”

Dizem que foi Charles Chaplin que escreveu.

E tal como o mano C. pediu: “O dia está à minha frente, à espera para ser o que eu quiser” - Vamos dar-lhe a forma que queremos…

boa semana para todos

7 comentários:

Ísis disse...

Lindo! Obrigada e igualmente para ti.
Beijinhos

AC disse...

Tão belo...uma boa forma de eu começar hoje o meu já que vou ter 16 horas de trabalho pela frente..
Que tenhas um dia super feliz, cheio de coisa boas, e fica sabendo já ajudaste a tornar o meu um bocadinho melhor:)

Beijinho*

Utena disse...

Nada como encarar a vida com vontade de a viver

Beijinho

Joana disse...

Já tinha lido uma vez, mas gostei de ler novamente. É sempre bom ter consciência disso.

Beijinhos

FireHead disse...

Excelente texto. Nada como caírmos na real. No lugar de ficarmos a lamentar por causa do que não temos e queremos ou gostaríamos de ter, devíamos antes agradecer por tudo o que temos e que muita gente não tem.

Abraço.

M.J. disse...

Isis: Este texto tem mesmo qualquer coisa, bjs

AC: Espero que o dia de trabalho tenha sido bom, isto de trabalhar 16 horas não deve ser fácil e ainda bem que o texto ajudou a tornar o dia melhor, bjs

Utena: muitas vezes esquecemos da principal essência da vida que é apenas viver =) bjs

Joana: Este texto é quase tão bom como as tuas frases =) bjs

Firehead: Eu aprendi a agradecer pois temos muita sorte em ter pequenas coisas que não damos importância e é bom ter isso em atenção, se temos é porque alguém (nós, família, etc) fez um esforço para nós termos.
Pensar no que não temos não vale a pena, só serve para ficarmos a pensar nos "ses" e isso não é lá muito saudável! abr

Joana disse...

É igualmente bom às "minhas" frases.

beijinhos