segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A ausência por estes dias

Não fugi nem fui raptado nem fui alvo do “grease man”, afinal de contas ele só ataca mulheres, a razão da ausência foi mesmo porque fui para a outra cidade, Trincomalee,  finalizar as aulas, a brincar já passaram 5 meses desde que cá estou…

O tempo tem passado a voar, ainda me lembro do dia que cheguei e agora estou quase de partida, ainda não vai ser desta que irei fazer o balanço destes meses mas sinto que algo mudou, não só fruto desta vivência mas também as várias coisas que foram acontecendo na minha vida pessoal, coisas do meu passado, presente e futuro…

Acabei o programa de língua portuguesa em Trincomalee, chego ao fim e olho para trás e vejo que se eles quiserem poderão manter o português nestes lados, consegui passar, ou espero ter conseguido, as bases de iniciação da língua e a ponte para o português-burgher.

Dei por mim muitas vezes a pensar na complexidade da nossa língua, é coisas que aprendemos e que nunca questionamos como por exemplo o masculino e o feminino nas coisas, eles aqui não usam isso, o porquê de se pronunciar de uma maneira e se escrever de outra maneira, tantas coisas, eu mesmo consegui, acho eu, emendar alguns erros que ia dando no português, quem me conhece sabe que tenho dificuldade em distinguir o isso e o isto mas penso que já consegui =)

Ainda não fiz as despedidas deles pois regresso dia 20, tenho que preparar as músicas e as danças para a festa final, nas músicas ainda consigo alguma coisa, não sou grande cantor mas como conheço as músicas, conheço as letras consigo ajudar, estão a ficar engraçadas, partilharei depois com vocês. Em relação às danças aí tem sido mais complicado, desde o primeiro dia disse que não sabia dançar, que apesar de gostar de dar 1 pezinho de dança eu não tenho lá muito jeito e que o melhor professor seria mesmo os vídeos que trouxe, é meter Play, parar, Play, parar e ir aprendendo… eles têm o ritmo no sangue, tenho alguns miúdos verdadeiros reis da dança, mexem-se bem, deve ser da mistura =) Como não quis influenciar com as danças deixei eles escolherem que dança queriam aprender, fiquei feliz porque 1 turma optou pela dança lá da terra, deixar a marca açoreana no Sri Lanka!

O exame final será dia 24 em Trinco e dia 25 em Batticaloa, só irei fazer exame para os alunos que tiveram mais de 70% nos 3 testes que fizeram, optei assim porque o último teste é um pouco maior e tem parte oral, se fizessem todos 1 dia não chegava e como a fundação para qual trabalho quer os resultados com antecedência fizemos assim.

Em jeito de partilha, eles estão a tentar influenciar na escolha dos alunos mas comigo não vão ter muita sorte, não sou a favor de cunhas, vai quem merece e quem mostrou mais interesse e melhores qualidades ao longo dos meses todos, não vai ser fácil porque tenho que escolher 4 e tenho neste momento 10 alunos acima dos 80%, com diferenças mínimas entre eles… Sei que alguns não ficarão contentes com a minha decisão, nem eu mesmo sei como irei ficar, já na EA tinha que escolher algumas pessoas para ir em missão, aqui é quase parecido, diferença é que tenho 40-50 para 4 lugares…

Não sei se já tinha partilhado mas este programa tem um prémio, os quatro melhores alunos irão a Portugal durante 7-10 dias, é um forte incentivo para os alunos ficarem interessados nisso mas a verdade é que o projecto ficou um pouco aquém das expectativas, esperava mais alunos apesar de tudo…

Ainda não sei como será o meu futuro em Portugal, para onde vou trabalhar, se ficarei por Lisboa, se volto aos Açores, se parto para outro país, ao contrário do passado, estou a tentar viver um dia de cada vez mas lá de vez em quando penso no futuro, é mais forte que eu =) Uma coisa sei, quero estar com estes alunos quando eles visitarem Portugal, até já comecei a pensar por alto sítios que eles devem visitar mas estou pendente de saber quantos dias irão ficar, o ideal seria mesmo 10 dias, assim dava tempo para ir até ao norte do país! Algumas dicas? De sítios a visitar? É que posso ter-me esquecido de alguma coisa…

Já vi que muito se escreveu na blogosfera, vou ler e talvez comente, é ritual ler todos os dias vários blogs que acompanho mas nem sempre comento, algumas vezes porque alguém já escreveu o que achava, outras porque não estou tão dentro do assunto e prefiro não dizer m*r*a, outras simplesmente não tenho nada para dizer.

Há pessoas que escrevem muito bem, já elogiei vários nas suas caixas de comentários, fazem-me  rir, dar numa de nostálgico e acima de tudo pensar… e é bom ver que há opiniões muito diversas e que no mesmo espaço consigam “falar” sem problemas, às vezes é claro, há coisas que leio que não concordo mesmo mas como tenho vindo a dizer são opiniões e todas as opiniões são válidas desde que haja respeito pelas opiniões dos outros.

Acabo hoje por aqui e respondendo a alguém que me escreveu nestes dias a perguntar como estava, que sentia-me mais vago na escrita, a falar mais nos outros do que em mim: eu estou bem,  a fazer o que o Siddharta e o Kung Fu Panda ensinam =) 

E também vou contar depois alguns momentos vividos nestes dias que tive por lá, foi uma semana diferente, bem positiva!

4 comentários:

Joana disse...

Só o facto de estares com o pensamento "um dia de cada vez" é muito bom. Vais ver que na altura certa vais saber que rumo dar à tua vida.
As sugestões de visita que eu dou são o Mosteiro de Alcobaça e da Batalha. isto para além de uma vista a Óbidos.

Beijinhos

Catarina disse...

Ainda bem que eu nunca tinha ouvido falar nesse "grease men" se não é que ficava mesmo preocupada :) Ainda bem que já estás de volta...

O tempo tem dessas coisas, não pára, é tramado o malandro, ás vezes é bom outras vezes nem tanto.
Acredito que viagens e mudanças de vida desse género nos mudem, ir para o Algarve trabalhar no fim do curso, mexeu comigo, nem imagino uma ida para o Sri Lanka!

Ui se é complexo, eu é com o "fui" e o "foi" mas acho que também já aprendi...

Vai haver festarola, mas que bom, ainda gostava de ouvir-te a cantar e a dançar :)

Escolher pessoas deve ser do pior, mas louvo muito a tua atitude, assim é mais justo, ou pelo menos não é tão injusto... Não te invejo a sorte de teres de fazer tais escolhas.

Não me digas que o cogumelo como alusão a uma camisa com pintas te fez rir? Um assunto tão sério...

Tenho de ver esse filme do panda, para conhecer esses maravilhosos ensinamentos.

Na vida tal como na conta bancária, saldo positivo é o que se quer, já viste o que era ficar com dividas à vida? ;)

Utena disse...

Já sentia falta de te ler.
A verdade é que com experiências como a tua todos ganham e tu muito mais ainda.
Ficam as recordações carinhosas e os tempos difíceis. As lições que recebes e que dás... tudo na caixinha de recordações que fazem de ti o especial que és.

Beijinho

M.J. disse...

Joana: eu costumo sempre pensar mais à frente mas estou a aprender a viver 1 dia de cada vez! Obrigado pelas sugestões, por acaso não tinha pensado nesses sítios e são próximos de Lisboa.
bjs

Catarina: o panda Kung Fu tem grandes ensinamentos e não estou a gozar! O grupo sidhartha que já falei aqui somos fãs!
Em relação a ver cantar e dançar, talvez depois meta um video final dos meus alunos!
bjs

Utena: Esta experiência já está a dar frutos, nem que seja as amizades que fui ganhando com este espaço!
O resto? Logo se vê!
Obrigado, bjs