sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Para 2 amigos Virgens

Não, não estou a falar de amigos virgens, que ainda não tiveram a sua primeira experiência "amorosa", estou mesmo a falar de 2 amigos do signo virgem, esse signo que sempre que é dito leva a pessoas para 2ª interpretações, é ou não é? ou eu é que levo sempre para este lado? 

Ontem e hoje fazem anos pessoas muito especiais para mim, conhecia-os em tempos diferentes mas ambos muito importantes no meu dia a dia.

Ontem foi a A. que fez anos, a A. faz parte daquela família que já falei, a EA, ontem liguei-lhe e estava num dos sítios mais bonitos que já estive, praia de Murrebué - Pemba. Falamos até o dinheiro acabar nem sei se cheguei a dar-lhe os parabéns mas depois mandei sms e ficou resolvido =) Fiquei feliz por saber que tudo está a correr bem, as chapas, os grupos, as visitas, ter essa oportunidade de visitar os grupos não é para todos e quem tem essa oportunidade é um sortudo porque conhece 1 pouco mais daquele país que encanto quem lá passa.

A A. entrou na minha vida em 2007-2008, era uma pessoa que não era fácil de chegar pelo seu feitio muito especial mas por alguma razão (tive também esse papel é claro) fomos fazer missão juntos, Mecanhelas - Niassa. Foi a sua 1ª experiência juntamente com mais 2 manos, o C. e a B., os 3 são de 1 curso que comecei a olhar com outros olhos, não só por eles mas porque na minha primeira missão fui com a mana A.L. que também era desse curso, o curso é Psicomotricidade Humana, conhecem? Se não conhecem é um curso a conhecer e não estou a gozar!

Foi um projecto sem dúvida marcante a vários níveis, não só pelos manos mas também pelo local, pela equipa missionária, por todas as partilhas, por tudo o que se viveu, criei relações com eles que sei que ficarão para sempre, com o C. e a B.  até chegámos a partilhar casa tal era a nossa ligação, a A. não veio porque vive com a familia numa das melhores zonas da cidade, o Saldanha.

A relação foi aumentando, tivemos as nossas zangas como qualquer amigo tem, muitas partilhas, muitas conversas, algum choro (devo ser dos poucos que a vi chorar), houve 1 altura que pensei que a nossa relação iria terminar, foi num passado recente mas felizmente fomos adultos e conseguimos ultrapassar isso e hoje estamos melhor que nunca, temos sido grande apoio um para o outro.

Vi nelas grandes capacidades, talvez ela própria não saiba disso e até mesmo outros pois questionaram a minha decisão mas na hora de escolher o substituto para o meu lugar ela acabou por ser a escolhida, as razões? Só eu saberei mas não me arrependo da decisão pois quando a tomei sabia o que podia contar e foi o que aconteceu, continua lá por mais 1 tempos e sabe que poderá sempre contar comigo para a ajudar sempre que precisar, não só a ela mas àquela família que tanto amo e que tanto devo.

Parabéns mana e em Outubro estaremos juntos para abrir uma garrafa de moscatel como tanto gostas!

Hoje é o C. que faz anos, ele não me quis dizer quando era mas eu tenho bons contactos e soube que era hoje, já viste mano, quando queremos sabemos de tudo =)

Ainda não falei dos meus tempos de faculdade, dos meus tempos da residência, foram anos que me marcaram, foram anos de festas, de borgas, de conversas sérias, de abraços, de partilhas, de fumos, de sonhos e este camarada esteve presente em quase tudo. Lembro-me da primeira vez que falei com ele, talvez ele não se lembra, foi no bar novo da nossa faculdade, de novo não tinha nada mas lá estava ele mais 1 colegas a jogarem às cartas, aquele primeiro ano nós tomávamos conta daquele bar tal eram as horas que passávamos lá =)

O C. foi meu colega em algumas cadeiras e depois fomos para a mesma residência, ele começou num quarto, eu noutro mas passado 1 meses juntamos os 2 mais um "amigo" (que nome chamamos àquilo C?) e ficamos no quarto triplo, aquele quarto se falasse... Nós tinhamos turnos para dormir, quando 1 acordava, outro ia dormir e foi assim durante 1 tempos. 

No ano a seguir concorremos a um quarto duplo e foi sem dúvida dos melhores tempos que passei naquela casa, agora que olho para trás vejo isso, tenho pena de não ter aproveitado melhor os tempos mas o que foi vivido foi do melhor e sem dúvida que ficarão para sempre gravados na minha memória: Fazíamos as nossas massas, não sei se aquilo era massa ou outra coisa qualquer, metíamos tudo que tínhamos no armário e era comer até ao fim, as corridas no estádio universitários, as idas para buscar cerveja, as conversas até tarde (se alguém sabe do que "sofri" de amor naquela casa foi ele), alguns sermões merecidos, noites de bairro, tanta coisa... 

Chegou 1 dia e ele partiu, tive pena mas por outro lado fiquei contente porque ele não estava ali bem e merecia ser feliz e merecia voar... Voou para outras paragens mas  a nossa ligação manteve-se, podemos não falar todos os dias mas quando falamos parece que estivemos juntos ontem...

A última vez que tivemos juntos foi no meu jantar de despedida, não para o Sri Lanka mas para Macau, não tivemos muito na conversa mas aquele abraço quando chegaste, soube mesmo bem!

Sei que tenho ali um amigo para a vida, que podemos estar cada 1 no seu país mas aquilo que nos liga, aquilo que vivemos ninguém nos tira, obrigado por seres quem és, por teres essa maneira de ver e de escrever, obrigado por seres aquele irmão mais velho, que me deu a mão quando precisei, que me deu na cabeça quando precisei... se não sabes a importância que tens na minha vida, fica aqui relatada!

Que venha Outubro para voltarmos a estar juntos, desta vez com calma, sem muita gente e termos tempo para falarmos, bebermos 1 canecos e "lavarmos" as vistas!

Gosto muito dos 2 e parabéns pelos vossos aniversários!

ps - e muito mais poderia escrever de cada 1 deles mas não escrevo pois eles não gostam!

ps2- não meto nomes porque eles gostam de ficar "anónimos" =)

6 comentários:

FireHead disse...

Esses nascem virgens e morrem virgens. :)
A astrologia é um culto pagão, logo não tem credibilidade nenhuma excepto se a derem - coisa que muita gente infelizmente faz. Os charlatões dos astrólogos agradecem.

Abraço.

C disse...

Mano, sei que tens alguns "manos" importantes na tua vida e acredita que me orgulho de poder me considerar um deles, que aprendeu imenso contigo durante o tempo em que estiveste presente de uma forma constante na minha vida.

Foi um período importante com imensas transformações em ti como em mim. Ás vezes olho para trás e penso no quanto era egoísta, reacionário, influenciável, no quanto sub-valorizava pessoas que mereciam mais atenção e da mesma maneira sobrevalorizei a opinião e influência negativa de outras pessoas, como aquela coisa que nem sabemos o que lhe chamar, no quanto me desorientei a nível de personalidade e de caminhos e nas poucas pessoas que pude contar nessa altura em que tu foste um deles, mas felizmente já recuperei a minha essência de novo e viver é assim, a errar e a aprender, e quando olho para trás e na minha experiência de Lx, já noto essas diferenças, e algumas coisas tu sabes, como a nivel político e até a nivel desportivo (se bem que neste caso ainda subsiste o amor antigo :) Foram tempos ótimos, onde havia sempre uma solução para tudo, onde o ânimo nunca terminava, pelo menos naquele lugar em que denominei de "enclave" e que tanta curiosidade e visitas despertava, lembras-te? :) E pela tua companhia. Foi muita convivência e sempre perfeita mesmo em noites de excessos alcoolicos e fumicios :) Se um gajo não tivesse aproveitado naquela altura, seria agora?! :)

Lembro-me especialmente da ultima noite nessa casa em que estivemos naquele enclave o resto da noite com a M. e o grande MA. Foi marcante para mim. Obrigado mais uma vez por aquele testimonial que me enviaste no dia seguinte e que ainda guardo.

Receber uma sms do Sri Lanka para cá só prova isso mesmo, que existem pessoas únicas e que vale sempre a pena cultivar as poucas amizades verdadeiras que se tem numa vida. És uma dessas raras pessoas.

Espero que voltes em breve para uma jantarada, copofonia e aquelas conversas que nunca mais acabavam. Acredita que já tenho saudades desse tipo de conversa. Á medida que se entra no mercado do trabalho as conversas tornam-se limitativas, cinzentas, interesseiras e apenas baseadas nas aparências. É triste viver neste mundo adulto de aparências onde os verdadeiros têm que recear se mostrarem como são, caso contrário cai-lhes tudo em cima, é por isso que tenho saudades desse tempo.

Um grande abraço, foi a melhor prenda que recebi ontem, porque existem prendas que não têm preço.

PS: E depois dizes que tu é que te esticas a escrever :)

Utena disse...

Não conheço os dois mas pela forma como escreves... pela energia que se sente a ler só podem ser pessoas muito especiais.

Beijinho

Joana disse...

Tens um miminho no meu blog.

Beijinhos

maria disse...

É bom ter amizades dessas assim doradoiras e com a certeza que estão "ali" para o que "der e vier".
Por acaso também tenho um virgem.
São optimas pessoas.
boa continuação

M.J. disse...

Firehead: eu nunca dei atenção à astrologia nem fui de perder tempo com isso mas sei que há pessoas que acreditam mesmo nisso, nas cartas astrais e coisas dessas, se dizem a verdade? não sei, nunca vi a minha!
Com os virgens há sempre trocadilhos =) abraço

C: foi pouco o que escrevi sobre ti, tu mereces muito mais!
O jantar de regresso está mais que prometido, tenho saudades tuas, de nos esticarmos nas conversas, nos copos, em tudo! falta pouco =)
abraço

Utena: são pessoas mesmo muito especiais, cada um com 1 marco importante na minha vida, em tempos diferentes! No dia 1 de Setembro fez anos outra pessoa muito importante para mim, afinal são 3 amigos virgens =) bjs

Joana: Já vi o mimo, qualquer dia importo para aqui, obrigado, bjs

Maria: é mesmo bom ter amigos com o real significado de amizade e estes claramente que são, não são só para as coisas boas, quando fazemos algo de mal estão lá para nos dar na cabeça e dizer o que mais ninguém diz!
bjs