quarta-feira, 27 de abril de 2011

Dia 27 de Abril – Dia do inconstante

Tenho escrito sempre um dia depois do dia e olhando para o dia de ontem acho que a palavra inconstante é a mais certa e porquê?

Ontem foi um dia um bocado “misto”, tive momentos de risada mas também tive os meus momentos de isolamento.

Tenho dormido mal, tenho ido para a cama mais tarde para ver se caio na cama já cansado mas mesmo assim ainda perco 1/2 horas às voltas na cama. E o que me vem á cabeça? Tanta coisa… Acho que estou mais assim porque ainda não comecei a trabalhar, estou a precisar de me mexer, de começar a ter contacto com os alunos, com as pessoas, não gosto muito de estar parado e a última vez que trabalhei foi em Novembro, já vai alguns meses… Tenho tentado arranjar coisas para fazer mas o dia é mesmo grande por cá, acordo cedo e deito-me tarde, ainda bem que trouxe muita música, filmes para ir distraindo e há net =)

Durante a manhã tiro sempre o dia para fazer as coisas mais direccionadas com o projecto bem como escrever no blog, vejo os mails que tenho que ver e depois ponho-me a preparar aulas, decidi parar na 20ª aula porque não sei como é que os alunos vão estar, se são rápidos na compreensão ou se vão ser mais lentos e para não adiantar muito trabalho vou fazendo consoante as turmas.

Aproveitei também para falar com algumas pessoas que andavam pela internet e a mandar alguns mails, eu sou mais de cartas mas como estou noutro lado do Mundo é mais fácil por mail e assim vou tendo noticias de vez em quando.

Ontem também começou a peregrina da EA, um marco bastante importante para a caminhada enquanto grupo, são 4 dias onde nos descobrimos, onde nos damos aos outros, tem um poder difícil de explicar. Talvez também me fez ficar mais saudosista, pensar nesses 4 dias… Foram nas peregrinas que eu conheci melhor as pessoas, foi lá que me encontrei mais, que tive um contacto maior com o big boss, ainda me lembro da 1ª peregrina quando houve um momento de silêncio, eu não gostava nada e nesse ano muito menos porque os momentos que estava sozinho pensava muito no meu pai, tinha sido tão recente a sua partida e eu ainda estava a tentar perceber o porquê… Eu gostava muito dos momentos a 2, aí tive oportunidade de conhecer melhor as pessoas, algumas delas são um grande apoio na minha vida actual, lembro-me também de estar sempre na retaguarda, os varredores e sempre na companhia de pessoas especiais… Depois havia as palhaçadas de quando chegávamos aos locais para dormir, era montar o nosso campo de futevolei e lá estavam os rapazes a jogar! E as orações da noite que duravam horas… tanta coisa que era partilhada, tantas lágrimas… enfim, peregrina é sempre peregrina e acho que também fiquei assim porque pensei na peregrina.

As risadas aqui são diárias porque o staff está sempre muito preocupado comigo e eu como desapareci ontem algumas vezes eles pensavam que eu tinha fugido e eu começava a contar histórias do que se tinha passado e eles riem-se e assim ficamos todos contentes.

E para terminar a música que tocou por cá:

4 comentários:

Martini Bianco disse...

Tu e os teus pensamentos. Pensas de mais :)
Vais ver que mal as aulas começarem o tempo começa a passar depressa e quando deres por ti o projecto já está quase a terminar :)

Miguel Jarimba disse...

Continuo igual =)
Acho que é mesmo por estar à espera que as aulas comecem, depois de entrar no ritmo não vou querer outra coisa, vou é querer ter tempo para descansar!

Catarina disse...

Agora, meses depois, e aulas ao largo? Continuas a ter dificuldade em adormecer?

Ainda estou para descobrir o sítio onde eu tenha dificuldades em adormecer*

M.J. disse...

Catarina: Passado alguns meses já não tenho tanto problemas em dormir, agora durmo é mesmo menos, durmo tarde e acordo cedo!

Eu não consigo dormir em todo o lado mas já consigo dormir no carro, já é 1 avanço =)