sexta-feira, 5 de agosto de 2011

As religiões cá do sítio

O tempo não tem ajudado para conseguir escrever 1 post sobre as religiões cá do sítio mas quero muito falar sobre as religiões do Sri Lanka pois li algures que era o 3º país mais religioso do Mundo, 98% é devoto de alguma religião.

Eu já tinha reparado nisso, no último fim de semana participei em 2 grandes festividades cá do sítio, uma hindu, "Mamanda"de seu nome, como qualquer festa hindu, é ver as pessoas deitadas no chão como se nada fosse, a irem ao templo fazer as suas rezas, ouvir aquela música que mais parece tirada de África tal é o ritmo dos tambores e na manhã de domingo é ver os homens a banharem-se no mar ou na lagoa bem suja por sinal mas que eles dizem que os "limpa" de todos os males!

E tive oportunidade de ir a uma festa católica num dos bairros que mais gosto em Batti, Dutch Bar, não só porque vivem lá alguns amigos mas porque é uma zona cheia de burghers, a comunidade com quem trabalho e estão sempre a querer falar português mesmo com muitas diferenças do nosso actual, eu quando vou lá nunca é apenas por 1 hora, fico sempre muito mais e depois vêm os convites e acabo por ir a casa de todos!

Foi dia de Inácio de Loyola, o fundador da companhia de Jesus, eles têm cá bastante importância!

Uma das turmas que dou aulas fica na comunidade de Akkaraipattu e agora que começou o ramadão a viagem tem sido bem mais rápida, tudo porque os miudos e graudos não andam na rua, à hora que termino as aulas eles estão todos na mesquita ou em casa a comer =)

Mas quero dar mais detalhes num post que estou a preparar sobre esta temática, hoje ficou apenas 1 cheirinho e só para não deixar adormecido o blog!

8 comentários:

Martini Bianco disse...

Acho piada ao hinduísmo na medida em que me parece uma religião bastante democrática, na medida em que existem milhentos deuses e divindades e formas de culto. Acho isso giro. Se morasse aí pertenceria ao grupo agnóstico, que deve ser uma minoria por essas bandas.

Catarina disse...

Hum... Venham daí os detalhes que eu nutro um certo fascínio pela cultura ocidental :)*

FireHead disse...

Dantes também acreditava na existência de «religiões». Religião verdadeira só existe uma, a Igreja Una Santa Católica e Apostólica, fundada directa e pessoalmente por Deus. Os restantes sistemas de crenças que existem, designadas erroneamente de «religiões», são todas leas parte da Gnose, a verdadeira religião oculta da História da humanidade e do mundo, e que constitui a falsa religão ou a anti-religião.
De um lado a Igreja Católica, a religião dos filhos da Mulher, e do outro a Gnose, dos filhos da Serpente.

Abraço.

M.J. disse...

Martini: Eu não sei como é que eles conhecem todos os deuses deles mas o marido de uma das minhas colegas ele sabe todos, é Deus do quê, o que faz, para que serve...
Seres agnóstico aqui é seres minoria de minoria porque vi num site que era o 3ª país mais devoto do Mundo, seja qual a religião que praticam!

Catarina: Cultura ocidental ou oriental =)? Vou tentar fazer isso este fim de semana, só tenho aulas na cidade, dá mais tempo!

FireHead: Eu ainda acredito que todas elas sejam religiões pois são compostos por fieis que as seguem por crenças, valores, têm os seus ritos e práticas e que acreditam em algo superior.
Mas tu tens isso bem estudado, eu sou apenas 1 curioso de religiões, tento sempre saber um pouco mais de cada 1, por curiosidade e também só conhecendo as outras é que consigo ver com "outros olhos" a minha.

Utena disse...

Todas as religiões tem uma base comum... sou fascinada por todos e por estudar a fundo cada uma delas.
Fico a espera desse post.
Beijinho

FireHead disse...

M.J., a isso é que eu chamo de politicamente correcto. Como tu deves saber, ou devias saber, próprio Jesus Cristo, que nós acreditamos ser a encarnação de próprio Deus, foi muito claro neste aspecto e disse aos Seus discípulos que "quem não crer (no Evangelho) será condenado". Os outros, os gnósticos, acreditam em divindades falsas com as suas práticas e ritos. São Paulo escreveu que todos os "deuses dos pagãos são demónios".
Entre acreditar em mitos, mitologias e em fundadores humanos das seitas, como é o caso do assassino e pedófilo Maomé ou todos os que criaram as seitas pseudo-cristãs do Protestantismo, eu acredito em Deus, na pessoa de Jesus, que fundou a Igreja Católica e entregou as chaves dos Céus a São Pedro.
É claro que não aceitar a falsidade não significa deixar de respeitar as pessoas que foram enganadas pelas filosofias demoníacas. Com efeito, São Paulo falou da lei natural que rege as pessoas, a lei do coração, e mesmo que as pessoas não tenham conhecimento da Verdade (o Catolicismo), desde que não atentem contra a lei natural elas não deixarão de poder ser salvas. O Purgatório existe por algum motivo. Dou-te um exemplo: os índios da América antes da chegada dos europeus não tinham conhecimento da Verdade e eram pagãos. Estariam automaticamente condenados por isso? Claro que não. Se eles fossem boas pessoas e não atentassem contra a lei natural, não poderiam deixar de ir para o lugar onde as suas almas são purificadas.
E é só por isso que nós devemos aceitar a validade dessas falsas religiões: caso a ignorânica das pessoas for invencível, se elas forem ensinadas a praticar o bem, nós só temos de as respeitar como qualquer ser humano digno de respeito.
Rezemos, pois, juntamente com a nossa Mãe Maria pela conversão dos infiéis sedentos da Verdade.

Um abraço.

Catarina disse...

Depende do ponto de vista... Se estiveres na América...
Estou a brincar, claro que é oriental :)*

M.J. disse...

Utena: estou a ver que também és curiosa por religiões, se quiseres dicas sobre a religião católica tens aí o FireHead que é entendido na matéria!

FireHead: A tua opinião está muito bem fundamentada, vê-se que és um defensor católico a 100%.
E o que as outras religiões têm a dizer sobre isso? para eles também têm o seu Deus, às vezes mais que um...
Eu sou a favor da tolerância e do respeito, sou 1 defensor da minha religião q.b. sei ver as coisas boas e as coisas más que lá existem. A igreja é feita da palavra de Deus mas é constituída por Homens, e todos os homens têm as suas coisas boas e más... como tudo na vida!
Mas isto ainda não é tema para agora, acho que falar de religiões dá panos para mangas pois cada 1 interpreta à sua maneira, mesmo sendo da mesma religião.
Eu ainda tenho algumas dúvidas, acho que me vou recorrer a ti para algumas delas =)

Catarina: eu percebi que fizeste confusão mas não te preocupes que eu mesmo sendo de Geografia às vezes ainda confundo o Este com o Oeste =)